terça-feira, 17 de julho de 2012

Cartas de Amor # 3

Quando a tarde começa a cair, quando a noite se aproxima, o meu pensamento fica possuído por uma única ideia: estar contigo o mais depressa possível e ver-te nu, na cama, pronto para trocar carinhos, carícias, beijos, abraços...
A imagem do teu corpo alimenta a minha alma sedenta, pois é no calor do teu colo e no orvalho húmido do teu púbis que eu encontro o sal que me alimenta.
A tua lembrança alegra-me e excita-me, faz-me esquecer de todos os problemas, faz-me pensar apenas na possibilidade de te entregar todo a potência do meu corpo, toda a virilidade do meu sexo, toda a energia do meu sangue e a excitação estampada na minha cara.
Quero que saibas que o vigor que se manifesta em mim quando eu me lembro de ti ultrapassa as fronteiras do físico. Não haveria prazer se cada toque da minha mão no teu corpo não encontrasse também amor, além da inevitável satisfação de sentir formas tão belas e deliciosas de provar.
Minho querido, o fim da tarde é o momento do dia em que eu mais sinto a tua falta, é o momento do dia em que a saudade aperta e a minha mente é tomada por lembranças muito ternas e, ao mesmo tempo, bastante eróticas.
É nesses momentos que me vem uma vontade muito forte de beijar a tua boca, o teu pescoço. De beijar a tua barriga, de beijar tudo,até chegar aos joelhos, aos teus pés.( Algumas partes retiradas de um site )


8 comentários:

Little Miss Sunshine disse...

Adorei :')
Incrível como me revejo nas tuas palavras.
Excelente texto mesmo :) e agora quem ficou com o pensamento possuído de ideias fui eu!

beijinho e xi-<3

Aninhas22 disse...

Gostei muito do texto e da maneira como expressas os teus sentimentos! Beijinhos :)

Elisabete Costa disse...

Thanks :D foi tirado da net mas eu tbm adorei :D

Inês de Castro disse...

Gostei muito do texto :)

Cristina Bernardo disse...

Posso só sugerir um outro final?!
"Possuir o teu corpo de beijos sedentos de ti, que abundam de desejo por nós unidos num só!"

O amor é lindo!!

Amante Japonesa disse...

Como sempre muito romantica (:

Elisabete Costa disse...

Claro como sempre Amante *

Elisabete Costa disse...

Tambem gostei desse final :) obrigada